Primeiro cinema solar do Brasil chega a Guariba na quinta (17/03)

Com patrocínio da CPFL Energia e apoio do Instituto CPFL, o projeto Cinesolarzinho exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade através de oficinas artísticas; a sessão começa às 18h30, na EMEB Professor Alfredo Rolim de Moura, com entrada gratuita

 

A magia do cinema movido a energia solar é a proposta do projeto Cinesolarzinho, que chega a Guariba (SP) neste mês de março, com patrocínio da CPFL Energia e atividades gratuitas para a população. A programação tem uma oficina on-line com alunos da EMEB Professor Alfredo Rolim de Moura e, na quinta-feira (17/03), na mesma escola – que fica na Vila Gomes de Azevedo -, a partir das 18h30, serão exibidos curtas-metragens brasileiros e o longa “Mogli – O Menino Lobo”. A entrada é gratuita.

 

“Os projetos apoiados pela frente Circuito CPFL, como o Cinesolarzinho, estão retornando suas atividades itinerantes pelo Brasil. Em Guariba, a população poderá desfrutar de uma sessão de cinema ao ar livre, de qualidade e com protocolos de segurança contra a Covid-19”, observa a gerente executiva do Instituto CPFL, Daniela Pagotto.

 

Lançado em 2013, o Cinesolar é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido a energia limpa e renovável. Funciona dentro de uma van equipada com placas que utilizam um sistema conversor de energia solar para elétrica, que também carrega as cadeiras para o público, sistemas de som e projeção, telão e uma cabine de DJ.

 

O projeto - que tem a versão Cinesolarzinho para o público infantil - promove arte e sustentabilidade, levando a sétima arte a comunidades afastadas e com acesso restrito à cultura. Além das sessões de cinema, na cidade de Guariba o projeto contempla a Oficinema Solar – uma oficina de vídeo para crianças e jovens sobre sustentabilidade. Como resultado dessa atividade, um filme é produzido com os participantes e exibido durante a sessão de cinema para a comunidade local.

 

“As oficinas são atividades complementares, com uma linguagem muito simples que dialoga de forma lúdica com os jovens e as crianças da região, colocando o público ainda mais em contato com os temas de sustentabilidade e energia renovável, além de arte e cultura”, destaca Cynthia Alario, coordenadora e idealizadora do Cinesolar.

 

Devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19, as exibições seguirão todos os protocolos de segurança. Será disponibilizado álcool em gel para higienização das mãos, haverá controle de acesso e distanciamento entre as cadeiras; além disso, o uso de máscara será obrigatório durante todo período de exibição.

 

O Cinesolarzinho é viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, conta com patrocínio da CPFL Energia por meio do apoio do Instituto CPFL e da Prefeitura Municipal de Guariba e é realizado pela Brazucah Produções e Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo.

 

PROGRAMAÇÃO:

Guariba

 

Cinesolarzinho

Oficinema Solar on-line para alunos da EMEB Professor Alfredo Rolim de Moura

Data: 10/03 – das 14h às 17h

 

Sessão de cinema

Data: quinta-feira (17/03)

Horários: 18h30 - Sessão Curtas / 19h30 - ‘Mogli: O Menino Lobo’

Local: EMEB Professor Alfredo Rolim de Moura

Endereço: Rua Francisco Volck, 341 - Vila Gomes de Azevedo – Guariba

 

SINOPSES DOS FILMES:

‘Vento Viajante’ – Direção: Alunos da rede pública municipal de ensino fundamental de Icapuí/CE - Brasil 6min, Animação/Infantil. Livre

Sinopse: Um dia o vento decidiu viajar para o nordeste. Pelo caminho ele fez muitas descobertas, amigos e deixou saudades.

 

‘Plantae’ – Direção: Guilherme Gehr – Brasil, 10´25, Animação. Livre

Sinopse: Ao cortar uma grande árvore no interior da floresta, um madeireiro contempla uma inesperada reação da natureza. Uma reflexão sobre as consequências irreversíveis do desmatamento e da subjugação lamentável dos humanos aos demais seres da Terra.

 

‘O Gigante’ – Direção:  Júlio Vanzeler & Luis da Matta Almeida – Portugal, 10 min, Animação. Livre

Sinopse: "De todas as histórias que meu pai me contou, a que nunca esqueci foi a do rei que sempre carregou uma princesa dentro de seu coração ..."

 

‘Procura-se’ – Direção: Iberê Carvalho – Brasil, 10min - Ficção

Sinopse: O filme conta a aventura de três crianças que rompem a fronteira social motivadas pelo sentimento sincero por um cachorrinho de estimação. Nossos heróis são: Camile, Didi e Gugu. Camile é uma menina de 10 anos, muito corajosa e rica, que ao perder Bolinha, foge de casa em busca do cãozinho, iniciando uma aventura cheia de descobertas, perigos e novas amizades; Didi tem a mesma idade de Camile, é pobre e vende chicletes para ajudar em casa. Ela descobre que existe uma boa recompensa pela devolução do cachorro que seu pai encontrara e dera de presente para seu irmão Gugu. Ela decide devolver o animal, mas Gugu não aceita a ideia de perder seu novo amigo, agora batizado de Panela.

 

‘Mogli - O Menino Lobo’ - Duração: 1h51 - Gênero: Aventura/Fantasia - Diretor: Jon Favreau - País: EUA

Sinopse: A trama gira em torno do jovem Mogli, garoto de origem indiana que foi criado por lobos em plena selva, contando apenas com a companhia do urso Baloo e da pantera negra Bagheera, sem nenhum contato com humanos. O menino é amado pelos animais, mas visto como uma ameaça pelo temido tigre Shere Khan, que está decidido a matá-lo. Com a família de lobos ameaçada, Mogli decide se afastar. Baseado na série literária de Rudyard Kipling.

 

Sobre o Cinesolar:

Lançado em 2013, o Cinesolar é o primeiro cinema itinerante do Brasil movido a energia limpa e renovável. O projeto exibe filmes a partir da energia solar e promove arte e sustentabilidade através de oficinas artísticas e lúdicas, levando a sétima arte a comunidades afastadas e com acesso restrito a projetos culturais. 

Ao todo, o Cinesolar já realizou cerca de mil sessões com exibição de mais de 150 filmes, entre curtas-metragens (de temática socioambiental) e longas, em 440 cidades do país, percorrendo mais de 200 mil km e chegando a 185 mil pessoas. Além disso, foram ministradas mais de 300 oficinemas, que proporcionam acesso às técnicas básicas e aos elementos que compõem a linguagem cinematográfica.

O Cinesolar conta com o patrocínio institucional da Mercedes Benz, apoio das marcas Sices Solar, Biowash, baterias Heliar e Bio 2. O projeto realiza compensação de carbono em parceria com a Ecoar e promove ações em conjunto com a Unesco Representação Brasil e a Unipaz (Universidade da Paz).

 

Sobre o Instituto CPFL:

Com 18 anos de trajetória e sede em Campinas (SP), o Instituto CPFL é a plataforma de investimento social privado do Grupo CPFL Energia, responsável pela integração dos programas sociais, esportivos e culturais do grupo em uma única rede. Desde 2020, o Instituto CPFL atua em cinco frentes: CPFL Geração Jovem, que apoia iniciativas voltadas para o futuro das novas gerações; CPFL nos Hospitais, que apoia projetos de humanização e melhorias em hospitais públicos; o Intercâmbio Brasil-China, programa que promove o diálogo cultural entre os dois países; o Circuito CPFL, que reúne projetos itinerantes de cinema e etapas de corrida e caminhada; e o Café Filosófico CPFL, que promove reflexões através de palestras e séries audiovisuais com transmissão pela TV Cultura aos domingos e terças-feiras.

Saiba mais em www.institutocpfl.org.br.

 

 

Atendimento à imprensa

Benu Comunicação

Fernanda Martins - (16) 99331-9036

fernanda@benucomunicacao.com.br